Parque-das-aguas bicicletario tunel-transoceanica banner_enseada02

ENSEADA LIMPA: Secretaria Executiva apresenta trabalho em Congresso Brasileiro de Geologia

27/08/2018 - Entre os dias 20 e 24 de agosto a Secretaria Executiva esteve presente no Congresso Brasileiro de Geologia, no Centro de Convenções SulAmérica, Rio de Janeiro. Na ocasião foi apresentado o trabalho intitulado “O PAPEL DO MAPEAMENTO DE RISCO A ESCORREGAMENTOS INTEGRADO À GESTÃO MUNICIPAL: O CASO DE JURUJUBA, NITERÓI (RJ)”, resultado de uma parceria gerada entre a coordenação do Programa Enseada Limpa e o Núcleo de Análise e Diagnóstico de Escorregamentos do Serviço Geológico do Rio de Janeiro (NADE/DRM-RJ). Este teve como objetivo reunir informações básicas a respeito de um projeto em andamento, que busca aplicar soluções de saneamento na comunidade de Salinas, em Jurujuba e teve por autoras Aline Freitas (geóloga e diretora do NADE/DRM-RJ), Joana Ramalho (geóloga do NADE/DRM-RJ) Valéria Braga (coordenadora do Escritório de Gestão de Projetos da Secretaria Executiva - EGP-Nit e coordenadora geral do Programa Enseada Limpa) e Luize Mello (assessora técnica da Secretaria Executiva).

O diferencial da apresentação foi o de levar aos participantes do evento - o qual reuniu representantes da comunidade acadêmica e científica de universidades, empresas privadas e demais órgãos representativos das diversas linhas de atuação dentro da Geologia - informações acerca dos encaminhamentos que a Prefeitura Municipal de Niterói têm dado como desdobramento da setorização de risco à escorregamentos realizada, priorizando intervenções mais simples e de baixo custo que sejam efetivas. Após as referidas obras, espera-se que a localidade obtenha maiores condições de estabilidade e que um maior número de casas possa receber as intervenções de saneamento.

Diverso parceiros tiveram envolvimento no desenvolvimento do projeto, gerando uma postura integrada, colaborativa e representativa. A coordenadora do EGP, Valéria Braga, atentou sobre a importância da integração de setores:

“O trabalho nasceu da inclusão da vertente de avaliação de risco geológico para o desenvolvimento de estudos e tomadas de decisão na região. O mapeamento, efetuado pelo DRM e apoiado por diversos setores da Prefeitura e Associação de Moradores, mostrou o quão válida é a integração de todos os setores envolvidos.”

Além da autoria na apresentação, o Enseada Limpa teve coautoria em outros dois trabalhos apresentados no Congresso: APRESENTAÇÃO DO MÉTODO UTILIZADO PELA DEFESA CIVIL DE NITERÓI/RJ NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO DE MOVIMENTOS GRAVITACIONAIS DE MASSA NO MUNICÍPIO e CARTA DE RISCO E MOVIMENTOS GRAVITACIONAIS DE MASSA EM JURUJUBA, NITERÓI (RJ) – PEIXE GALO E SALINAS, ambos desenvolvidos pela Defesa Civil de Niterói.

 

b5b23042 b1ec 41f7 9896 0cb403878187